Artigos e Matérias
 VER TODOS OS ARTIGOS 

Momento DiVino "Vinho é saúde? - Parte III (final)" 06/02/15 - A Tribuna Jornal - Santos/SP
POR CLAUDIA G. OLIVEIRA, SOMMELIER
MOMENTO DIVINO 06-02-2015

Um brinde à conclusão!

Falamos nas edições passadas dos benefícios do vinho à saúde, entretanto, não podemos negar a existência do alcoolismo e as suas conseqüentes doenças, demonstrando que vinho é saúde apenas e tão somente para os que moderam o seu consumo. Sabemos os riscos do excesso como:

- Aumenta a pressão arterial e aumenta o risco de doença coronária e de doença cerebrovascular;
- Afeta o peso - o álcool não tem valor nutritivo, mas pode fornecer muitas calorias;
- Resulta em cirrose hepática e outras doenças do fígado, bem como cancros da boca e garganta (vias aerodigestivas superiores);
- Pode desenvolver depressão e ansiedade;
- Pode levar à dependência do álcool;
- Leva à embriaguez e isso é fator de risco: acidentes (viação, domésticos e de trabalho), afogamentos, comportamentos sexuais de risco, reprovação e problemas sociais e coma que pode acabar em morte, sobretudo nos jovens;
- O indivíduo que teve ocasiões de consumo excessivo de álcool que não conseguiu evitar, deve abster-se de consumir nas próximas 48 horas para dar tempo ao seu organismo de se recuperar;
- Pode ter efeitos devastadores nos indivíduos, nas famílias e na comunidade.

O consumo do vinho e de qualquer outra bebida alcoólica deve ser sempre moderado. A moderação é a determinante para ingestão deste "néctar" (palavra que se referia ao vinho na mitologia grega e que significava aquela que supera a morte).

Então, atenção: consumo equilibrado será determinado de acordo com o sexo da pessoa, sua idade, seu peso, suas condições de saúde (pessoas isentas de patologias).

Os médicos aconselham para os homens 30 g de álcool (cerca de 330 ml) de 1 a 3 taças de vinho por dia e para as mulheres 15 g (cerca de 165 ml) 1 a 2 taças, já que nós somos menos tolerantes ao álcool e temos menor proporção de água no organismo, mas sempre acompanhando as refeições.


Vinho é saúde sim, desde que consumido moderadamente e acompanhando as refeições. Equilíbrio é o fator primordial para se obter mais saúde através dos componentes benéficos do vinho.

Nada como as palavras ancestrais de Eubulus, estadista e filósofo de Atenas, que cito sempre em minhas palestras, para demonstrar aos iniciantes que devemos ter muito respeito ao vinho, pois do contrário...

"Eu preparo três taças para o moderado: uma para a saúde, que ele sorverá primeiro; a segunda para o amor e o prazer que o fará regozijar e a terceira para o sono. Quando essa taça acabar, os convidados sábios vão para casa. A quarta taça é a menos demorada, mas é a da violência; a quinta é a do tumulto; a sexta da orgia; a sétima a do olho roxo; a oitava é a do policial; a nona da ranzinzice e a décima a da loucura e da quebradeira dos móveis" (375 a.C.)

E, em se tratando de benefício à saúde, destaco que o vinho deve ser seco. Vinhos suaves, doces e fortificados podem aumentar a taxa de açúcar e gordura no sangue.

Aproveite as dicas e deguste seu vinho com moderação!

Até a próxima taça!
momentodivino@atribuna.com.br 


AGENDA

13/2 -Aniversário da Petit Verdot, 19h, com degustação dos vinhos de Susana Balbo, linhas Crios e Benmarco. Preço: R$ 30,00. Tel.: 3221-6251.

23/2 - Workshop de Cerveja, 20h,com o sommelier Diego Sanssana, na Cantina Di Lucca. Tel.: 9919-75473.


 
► Baixe o Artigo em PDF


 



 
  Início
Vídeo
Download
Fale Conosco
Cadastro
  Institucional
Cursos
Degustações
Enoturismo
Enopoemas
Dicas
  Cláudia Elaine Garcia de Oliveira
Artigos
Enonews
Momento Divino
Fotos "Social do Vinho"
Saiu na Mídia
 
 
.:: • © Copyright 2007 - 2017, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 5.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy