Artigos e Matérias
 VER TODOS OS ARTIGOS 

Momento DiVino "Grand Cru Importadora e o Grand Tasting 2017" 23/06/17 - A Tribuna Jornal - Santos
MOMENTO DIVINO 23-06-2017

Vinhos de autor e também clássicos fizeram parte da degustação da importadora Grand Cru deste ano, ocasião em que novidades são exibidas a especialistas e ao público em geral


Santé! Como de praxe, foi um sucesso a maratona de experiências em torno do vinho que a Grand Cru Importadora promoveu recentemente pelo Brasil. Trata-se do tradicional Grand Tasting. Aqui em São Paulo para a Edição 2017, a Casa da Fazenda do Morumbi foi palco para receber clientes e profissionais.


A mostra desse ano estava composta de estações temáticas que ofereciam, por exemplo, Vinhos de Autor. Nesta eu destaco a Bodegas RE, Chile, com um blanc de noir (vinho branco feito de uva tinta), o RE Velado 2012 (foto 7 - R$ 469,00), de Pinot Noir. De cor dourada se mostrou um vinho denso, com características complexas, elaborado como se fosse tinto, mas com aromas intensos de frutas brancas e secas como amêndoas e avelãs, flores, pimenta e baunilha. Em boca uma explosão de sabores, bastante untuoso, com acidez e álcool de 14OGL em perfeita harmonia. Um vinho seco e de guarda. Total criatividade da vinícola que tem como preceito REcriar, REinventar e REvelar vinhos ancestrais de alta qualidade.


A também chilena Errazuriz, vinícola familiar das mais antigas e das maiores e mais importantes do mundo do vinho, apresentou seus premiados rótulos entre os quais o Errazuriz Max Reserva Chardonnay 2016 (foto 2 - R$ 129,00), que revelara perfeita integração de frutas e mineralidade com o carvalho. Vinhos e coe amanteigado com toques vegetais, faz muito o meu gosto. E até o grande Dom Maximiano Founder’s Reserve Corte 2014 (foto 6 - R$ 599,00) lá estava. Com 93 pontos do crítico Robert Parker e 97 no Guia Descorchados, esse vinho composto de 68% Cabernet Sauvignon, 18% Carmenère, 9% Malbec e 5% Petit Verdot estagia 20 meses em barricas de carvalho para ter uma vida que pode atingir até 30 anos de complexidade. De cor rubi intenso e halo violáceo o Dom Maximiano envolveu-me com aromas de frutas vermelhas maduras, pimenta, cravo, fumo, funghi e café. Na boca frutas, especiarias e toque vegetal equilibrava álcool de 14O GL e taninos presentes e nervosos, numa parceria que já diz o que será esse vinho no futuro. Grandioso!


Na mesa da chilena Viña San Pedro, pude degustar duas safras (cheguei tarde, eram três as safras disponíveis. Pena!) do ícone Altaïr 2010 e 2011 (foto 5 - R$ 599,00), e estavam soberbos. O 2010 tem na sua composição 76% Cabernet Sauvignon, 13% Syrah, 7% Carménèr e 4% Petit Verdot, já a safra 2011 tem Cabernet Francao invés de Carménère. Ambos têm passagem embarricas de carvalho francês, sendo 50% em barricas novas. Nem é preciso dizer que são vinhos de grande complexidade de aromas e sabores. De cor rubi intenso intransponível, o Altaïr é um vinho elegante, potente, encorpado, equilibrado com 14,95O GL, complexo e longo. Detém taninos aveludados e finos, o que o tornou conhecido como vinho chileno de alma francesa. Aromas de frutas vermelhas maduras e em compota, tem ainda alcaçuz, chocolate, toques minerais e florais.


Da Argentina Zorzal, Juan Pablo Michelini me serviu todos os vinhos da linha Eggo. Fantásticos! Destaco o Eggo Franco 2015 (foto 4 - R$ 229,00). Um Cabernet Franc com estágio em ovos de concreto, o qual resulta um vinho muito frutado. Morangos maduros, framboesa e leve mineralidade são percebidos no nariz e na boca. Taninos e corpo delicados dão o toque final nesse vinho equilibrado com 13OGL.


No Velho Mundo, o italiano de Montalcino, na Toscana, Casanova Di Neri Rosso Di Montalcino DOC 2014 (foto 1- R$ 239,00). Um Sangiovese singular de visual rubi pouco intenso, mas com aromas de frutas silvestres, toque floral e balsâmico. Na boca é refrescante, frutado, com taninos macios e corpo médio. Ainda na Toscana, provei as etiquetas do produtor La Brancaia, equilibradíssimos. Destaco o Brancaia Chianti Classico Riserva DOCG 2011 (foto 3 - R$ 219,00). Vinho pontuado com 3 bicchieri no Gambero Rosso, é composto de Sangiovese e Merlot, o que lhe agrega muita fruta com ares de modernidade mas com predominante balsâmico e vegetal, característicos da cepa nativa. Na boca é seco, frutado, acidez impecável, taninos macios, elegante.


Foram mais de 400 rótulos na prova. Novo e Velho Mundo numa das mais prestigiadas degustações do Brasil. Agradeço aos organizadores, o convite. Ah! Agradeço imensamente também a vocês, meus queridos leitores, pois essa coluna fez três anos de vida no último dia 13! Que honra! Sempre em frente com os melhores vinhos!


Até a próxima taça!


momentodivino@atribuna.com.br


 

 


AGENDA


 


>> 29/6, às 18h: Degustação de vinhos no boliche do Litoral Plaza Shopping, em Praia Grande.


Convites: R$ 75, revertidos ao Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande.


Tels.: 97408-5485 e 3476-2479.


 
► Baixe o Artigo em PDF


 



 
  Início
Vídeo
Download
Fale Conosco
Cadastro
  Institucional
Cursos
Degustações
Enoturismo
Enopoemas
Dicas
  Cláudia Elaine Garcia de Oliveira
Artigos
Enonews
Momento Divino
Fotos "Social do Vinho"
Saiu na Mídia
 
 
.:: • © Copyright 2007 - 2017, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 5.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy