ENOAMIGOS

Cursos e Consultoria em Vinhos

claudia@enoamigos.com.br

• Santos • São Paulo

Artigos
Lugar de mulher é na enoteca Fernanda Lopes - Caderno Boa Mesa - Jornal A TRIBUNA - Santos/SP 20/04/2012
Fernanda Lopes - Caderno Boa Mesa - Jornal A TRIBUNA - Santos/SP sexta-feira, 20 de abril de 2012
ARTIGOS 20-04-2012

por FERNANDA LOPES
Foi-se o tempo em que as adegas e enotecas eram locais só de homens. As mulheres são cada vez mais numerosas nesse universo e, como vem acontecendo, em outras áreas de atuação, têm se especializado e se tornado também referências.
É o caso da sommelier santista Cláudia Garcia de Oliveira, que dá cursos e presta consultoria na área e deu uma entrevista para o Boa Mesa com dicas para quem quer começar e contando um pouco da sua história.
Há, claro, as desbravadoras Barbe-Nicole Ponsardi (a Veuve Clicquot), que em 1798 criou o processo de purificação do espumante, usado até hoje.
Hoje, temos a enóloga portuguesa Filipa Pato, filha de Luis Pato e que não cansa de ouvir que filha de Pato, patinha é ou Maria Luz Marin, primeira mulher enóloga no Chile. Além de muitas outras.
O presidente da seção Litoral da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-Litoral), Gugu Barbosa, cita ainda a presidente
da associação de enólogos de Mendonza, Suzana Balbo. "Nos cursos da ABS as mulheres são 60% dos alunos e o mercado está mais aberto para as mulheres atualmente", diz. Gugu ainda acredita que a mulher tenha mais percepção olfativa do que o homem.
"Nesse conceito, elassaem na frente."

APRECIAR
E, além das especialista, há muitas mulheres que gostam de se reunir e apreciar um bom vinho. É o caso da administradora Norma Gainett, que faz parte de uma confraria de amantes da bebida. "Meu amor pelo vinho começou há cerca de 16 anos quando fui para o Uruguai e experimentei a dura e doce Tannat. Daí foi um passo para virar paixão".
Hoje,ela gosta de experimentar novos rótulos. "Indico o Quara Malbec e o Adobe Emmiliana,  por exemplo".
A Wine, que tem a maior venda de vinhos pela Internet da América Latina, tem 20% do seu mercado brasileiro de mulheres.

MARKETING
"Esse crescimento estimula a Wine a sempre pensar em campanhas para este público, como foi a do Outubro Rosa, de conscientização ao câncer de mama", diz Helena Heringer, assessora de marketing. Ela conta que as mulheres já somam50% do público da Wine nas redes sociais. Adistribuidora de vinhos Fine Food tem uma sommelier, Ana Paula Roche Diniz. "O interesse tem crescido muito. Existem confrarias femininas e o paladar das mulheres vai muito além dos espumantes e rosés. Elas gostam dos encorpados".
O professor e sommelier Armando Bisogni confirma e diz que as mulheres são 80% do público de seus cursos sobre vinhos. "Elas são mais interessadas. E, assim como os homens, preferem começar pelos doces, mas depois partem para os secos".


>>Indicações da sommelier Claudia
para quem quer começar
Tintos
Calicanto da Viña El Principal (Decanter),
Caprili Rosso de Montalcino (Decanter)
Ramirana Grand Reserva Syrah/Carmenére 2007
Ventisqueiro (Adega Petit Verdot)
Quara ( Adega Petit Verdot)
Clos Floridene (Casa Flora)
Fonte das Moças (Adega Alentejana)
Brancos
Viña Aquitania - Sol de Sol (Zahil)
Château Reynon, Sauvignon Blanc, de Bordeaux (Casa Flora)

.:: • © Copyright 2007 - 2021, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 6.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy